Tempestade ainda deixa marcas

O município de Osório também foi atingido pelo temporal, granizo e ventania da semana passada. Cinco famílias das casas perto da Lagoa dos Barros, na localidade de Sangradouro, ficaram desabrigadas e foram para casa de parentes. O vereador Ed Moraes e o assessor Jeferson Anflor estiveram verificando a situação, que está crítica, e realizaram encaminhamentos para assistência e mudanças.
A chuva intensa causou estragos em diversos municípios. O fenômeno ocorreu por causa de um sistema de baixa pressão, que se formou na Argentina e trouxe umidade para o Rio Grande do Sul, em que se chocou com a temperatura elevada no Estado, provocando a formação de nuvens carregadas a uma altitude de 8 a 10 km.
No Litoral Norte, de acordo com o coordenador adjunto da Defesa Civil da região, Valdeci Ambrósio, os municípios mais atingidos foram Caraá e Santo Antônio da Patrulha. Em Osório, há risco de deslizamento na localidade de Tombador, no bairro Laranjeiras. De acordo com Sargento Bitencourt, do Corpo de Bombeiros, houve rachaduras em uma residência.

Anelize Sampaio

12165056_888328014548722_1050872954_o

12170064_888326714548852_1969146688_o

IMG-20151020-WA0009

IMG-20151020-WA0010

Fotos: Jeferson Anflor e divulgação