Reeducação alimentar aliada a prática de exercícios garante saúde e boa forma

Indicada pela madrinha Andreia Almeida, Letícia Corrales de 18 anos, resolveu, em 15 de maio de 2014, iniciar uma trajetória que mudaria sua vida. Quando descobriu que estava pesando 97 kg, Letícia procurou a nutricionista Daniele Amorim Benfica, formada em Nutrição pela Unisinos e pós graduada em Nutrição Clínica e Estética com aperfeiçoamento em nutrição esportiva, perdeu quatro quilos antes de começar as consultas e chegou ao consultório pesando 92,800g. “Achei que não iria conseguir, quando subi na balança levei um choque” relata Letícia.
Uma reeducação alimentar aliada a prática de exercícios físicos é, sem dúvida, uma das melhores formas de emagrecer, porém, é preciso ter em mente que ela não impede de comer nada, mas ensina a comer de tudo, na medida certa. Segundo Letícia, o incentivo da nutricionista ajudou muito e foi o que a motivou a não desistir. A última consulta foi feita em novembro, pois como morava em Palmares tinha dificuldade em se deslocar para Osório, onde fica localizado o consultório, apesar de ainda continuar seguindo as dicas e orientações de Daniele.
Hoje, aproximadamente um ano depois do início, com 27 kg a menos, Letícia diz sentir-se outra pessoa. “Quando a gente começa a perder peso, quer perder sempre mais, as pessoas reconhecem e acaba servindo de estímulo para os outros. Quando a gente é gordo se olha no espelho e nunca enxerga nada. Hoje o que eu sinto ao me olhar no espelho é inexplicável” destaca Letícia.

Vanessa Puls

antes e depois

Antes e depois de iniciar as consultas/ Foto: Divulgação

 

 

 

 

 

SAM_0136

Letícia Corrales aos 18 anos/ Foto: Vanessa Puls