Prefeitura investe 590 mil reais na construção de subestação do hospital

Gabriela Pacheco

Uma das obras já previstas na ampliação do Hospital São Vicente de Paulo em Osório teve o seu início na última segunda-feira, dia 16, com a assinatura da ordem de serviço. A construção de uma subestação de energia no valor de R$589.721,56 pela Prefeitura de Osório garantirá o abastecimento para a instituição que há um mês sofreu com um incêndio que avariou alguns setores, comprometeu a rede elétrica e provocou o seu fechamento. A assinatura contou com a presença de autoridades locais.
O prefeito de Osório Eduardo Abrahão, na ocasião, lembrou dos investimentos realizados pela prefeitura no hospital nos últimos anos e os que estão por vir. “Do ponto de vista de obras grandes, há três anos investimos na ampliação com a construção da UTI, um investimento de 3,5 milhões de reais, a ala psiquiátrica onde o município contribuiu com uma parte. Em 2013, só em obras, o município de Osório investiu mais de 700 mil reais na UTI da emergência. E agora, estamos investindo quase 600 mil reais em uma obra para fortalecer a parte elétrica para que ele possa implementar outros equipamentos sem ter quedas de luz. No próximo semestre, vamos investir mais 600 mil reais para o Plano de Prevenção e Combate a Incêndio – PPCI de todo o hospital”, informou Abrahão.
A empresa vencedora da licitação que realizará a obra da subestação que ainda terá dois geradores é a Montebras Montagens Elétricas e o prazo para a sua conclusão é de 180 dias. O presidente da Associação Beneficente São Vicente de Paulo, Francisco Moro, que administra a instituição informou que todos os esforços para a reabertura do hospital estão sendo realizados. “Estamos na fase de contratação de empresas que vão realizar as reformas do que foi danificado e ao mesmo tempo, a empresa Panassolo que realiza a obra de ampliação, está na fase de conclusão da UTI, ala pediátrica, emergência e demais setores. Essa obra que inicia hoje será fundamental para o abastecimento dos serviços, iremos dobrar a nossa capacidade”, disse Moro.
Atualmente, o único setor em funcionamento no Hospital São Vicente de Paulo é a hemodiálise, os demais setores estão fechados. Os serviços de emergência foram transferidos para o Posto Médico Dr. Flávio Silveira, localizado no bairro Sulbrasileiro em Osório, agora com atendimento 24h.

Redeeletricadohospitalsite1Ordemdeservicosubestacaohospital2