Os Guerreiros também morrem

Hoje morreu um amigo do peito. Depois de lutar quase cinco anos contra a leucemia, o Jaime Dalpiaz nos deixou. Aos familiares o nosso pesar. O Litoral Norte perde um dos maiores empreendedores da Construção Civil.

Jaime Dalpiaz nasceu além do seu tempo. Profundo conhecedor da política internacional. Muitas vezes não via o tempo passar conversando com ele no seu escritório. Da sua cabeça nasceram os grandes empreendimentos da cidade e o BellVille é apenas mais um deles.
Ele lutou contra a doença até o último minuto. Na semana passada ainda o vi na prefeitura onde ele se queixou que a cidade de Osório precisava de um setor de pesquisa de todos os tipos, onde o cidadão poderia ter informações mais rápidas e precisas. Com uma fisionomia cansada me disse que estava fazendo transfusão de sangue semanalmente, mas continuava lutando contra a doença.
Lutou feito um verdadeiro guerreiro. Até o último dia da sua vida, vivia intensamente os instantes finais da sua passagem por aqui. Amava a família com intensidade. Não se cansava de contar as peripécias do neto em nossas conversas.
Na política era intenso. Sempre tinha uma opinião sobre assuntos políticos. Foi vereador e secretário do prefeito Jorge Dariva. Também foi presidente da Câmara, onde durante sua gestão deu início ao desenvolvimento atual de Osório contratando um órgão que fez um relatório atualizado do município e traçou o seu futuro. Foi um estudo científico da cidade que certamente lhe ajudou também nos empreendimentos na área da construção civil.
No dia 17 de janeiro de 2015, ele entregou os pontos. Também se tornara um profundo conhecedor da sua doença. Buscou de todas as formas uma maneira de vencer. Na sexta-feira quando recebeu um exame e interpretou o resultado disse que chegara o seu fim. Vai nos fazer uma falta danada. Mas morreu feliz porque viveu sua vida com intensidade.
Um Guerreiro, mas infelizmente os Guerreiros também morrem.

Antão Sampaio

Jaime Dalpíaz