Os 5 “Rs” do Rejuvenescimento Facial

Nos estudos mais atuais sobre rejuvenescimento facial adquiriu-se o conceito dos 5 “Rs”, com o objetivo de atingir um ótimo resultado com naturalidade. Para isso devemos avaliar o rosto em 3 dimensões: desde a estrutura óssea, a musculatura, camada de gordura e a pele. Afinal de contas, não adianta tratar uma ruga isolada e não se preocupar com a face como um todo! Um rosto jovem não é apenas um rosto sem rugas, ele tem volume e contornos bem definidos, pele lisa, luminosa e uniforme. Vou explicar um pouco mais: os “Rs” se referem a palavras em inglês:
1- RELAX = Relaxamento. A musculatura da face que está se contraindo de forma exagerada e provocando as rugas de expressão: pés de galinha, rugas da testa e acima do lábio podem ser corrigidas com o uso de toxina botulínica (Botox).
2- REFILL = Reposição de volume perdido Com o envelhecimento ocorre uma perda de gordura facial e uma diminuição da estrutura óssea, levando ao aparecimento de sombras e áreas afundadas no rosto, o que passa um ar de cansaço e desânimo, além da perda de contorno da face. Através do uso de preenchedores (permanentes ou não), conseguimos obter a reposição do volume perdido.
3- RESURFACE = Renovação da pele Tratamentos que estimulam a troca de camadas envelhecidas da pele e a formação de novas fibras de colágeno como peelings químicos e lasers conseguem melhorar a superfície da pele, trazendo maior luminosidade, removendo manchas, rugas finas e reduzindo os poros dilatados.
4- REDRAPE = Reposicionamento. Nessa etapa realizamos o reposicionamento da pele e músculos da face. As técnicas usadas podem ser cirúrgicas, como o lifting facial ou fios de sustentação e não cirúrgicas com os aparelhos de radiofrequência, ultrassom ou infravermelho.
5- REMOVE = Remoção de imperfeições Tratar as imperfeições da pele, como pequenas veias aparentes, manchas ou lesões na superfície da pele que surgem com o envelhecimento é possível através de lasers, luz pulsada e técnicas de microcirurgia. Lembre-se que os cuidados anti-idade devem ser mantidos pela vida toda, então o acompanhamento dermatológico deve ser feito de rotina para adequar o melhor tratamento a sua fase de vida!