Magic de Oz tem final de semana desastroso

Neste sábado e domingo que passou o Magic de Oz teve duas partidas pela Copa RS “Nei Breitman” de Basquetebol Master 35+. Enfrentou nada menos que o líder do campeonato, o Mauá, de Santa Cruz do Sul, e o Fronteira, de Porto Alegre, mas os resultados não foram nada favoráveis.
No sábado, os atletas osorienses já sabiam que teriam a maior pedreira do campeonato. O Mauá conta com nada menos do que três atletas que foram profissionais de alto nível. Para começar, contava com Cruxen e João Batista, dois campeões brasileiros pelo Pitt/Corinthians, em 1994. Além disso, o ex-atleta da seleção brasileira, que disputou diversos mundiais e olimpíadas pelo Brasil, além de ser cinco vezes campeão brasileiro, Rogério Klafke. O Mauá executou uma marcação apertada o jogo todo, não deixando os atletas do Magic de Oz jogarem. Placar final, 115×38, com 40 pontos do Rogério.
No domingo, o adversário foi o Fronteira, uma equipe bem parelha com a osoriense. O Magic de Oz saiu abrindo nove pontos no primeiro quarto, mas essa diferença foi diminuindo durante o jogo e o placar ficou parelho durante todo o tempo. A partida acabou empatada em 41×41. Foi para a primeira prorrogação que também terminou empatada e foi decidida apenas na segunda prorrogação. Placar de 58×53 para o Fronteira, num jogo que poderia ser vencido por qualquer uma das equipes, tamanho foi o equilíbrio entre ambas.
Agora o Magic de Oz volta a jogar nos dias 27 e 28 de agosto, em Porto Alegre, contra as equipes do APA e Veteranos, respectivamente. Terá tempo suficiente para treinar para buscar a recuperação.

master santa cruz

O Magic de Oz não teve um bom final de semana e amargou duas derrotas – Foto: arquivo pessoal