Câmara de Vereadores de Osório concede Medalha Mérito General Osório ao atleta de Futebol de Cinco – Ricardinho

Foi realizada, na noite desta segunda-feira, dia 06 de maio, pela Câmara de Vereadores de Osório, uma Sessão Solene que homenageou o atleta de Futebol de Cinco (categoria para cegos e deficientes visuais) Ricardo Steinmetz Alves, concedendo a ele a Medalha Mérito General Osório.

Por meio da proposição dos Vereadores Lucas Azevedo e Roger Caputi, a solenidade foi concedida por meio da Lei Municipal nº 6.179/2019, que obteve na oportunidade de sua votação, aprovação unanime dos Vereadores na Casa.

Fizeram parte da mesa desta solenidade, o Presidente da Câmara Vereador Beto Gueiê, o Vice-prefeito Municipal Eduardo Renda, o homenageado Ricardo Steinmetz Alves e os Vereadores proponentes Roger Caputi e Lucas Azevedo. Estavam também presentes na solenidade os Vereadores Ed Moraes, Belinha e Charlon Müller e familiares e amigos de Ricardinho que o prestigiaram nesta noite de muita emoção.

Em seu discurso de agradecimento, Ricardinho falou da felicidade em receber este reconhecimento da cidade onde nasceu, falando também de sua vontade de voltar a morar nesta cidade, futuramente. O atleta destacou que as dificuldades enfrentadas por ele, juntamente com sua família, serviram de motivação para que a cada dia superasse seus limites, desenvolvendo o dom que Deus lhe deu e obtendo hoje os resultados que, com muita dedicação, alcançou.

Ricardinho recebeu a Medalha Mérito General Osório das mãos dos Vereadores, esta, a maior honraria oferecida pela Casa Legislativa. Homenagem que ficará para sempre registrada na história dele e também da Câmara de Vereadores.

Um pouco de sua trajetória:

Qual o garoto que nunca sonhou em ser jogador de futebol? Qual garoto que nunca chegou em casa sujo de lama ou com os pés cheios de areia, após aquela pelada nos campos de várzea?

E assim não foi diferente com o menino Ricardinho, que mesmo com todas dificuldades, hoje é exemplo de superação e exemplo de desempenho de um atleta de grande nível, motivo de orgulho a todos Osorienses.

Ricardinho nasceu no dia 15 de dezembro de 1988, na cidade de Osório. Filho da Leni Beatriz Steinmetz Alves e Celio Luiz Alves, aos 6 anos de idade teve um deslocamento de retina, que comprometeu sua visão. Passou por cinco cirurgias para reverter o problema, não obteve êxito e perdeu por completo sua visão aos oito anos de idade.

Para que o atleta chegasse ao patamar de hoje, seus pais tiveram participação decisiva. Por conta da deficiência, toda a família se deslocou, em definitivo, de Osório para Porto Alegre.

Ricardinho estudou no Instituto Santa Luzia, local referência no ensino em braile, onde também experimentou esportes como natação e atletismo. Com 10 anos de idade já se observava seu dom no Futebol De Cinco. Com 12 anos já jogava com outros meninos de 15, 16 e 17 anos.

Sua primeira convocação para a Seleção Brasileira veio aos 15 anos, sendo eleito no ano seguinte como atleta revelação e melhor jogador do mundial. Seus principais títulos foram: Tricampeão Paralímpico (Pequim-2008, Londres-2012 e Rio de Janeiro-2016); Tricampeão do Mundial Da IBSA (Inglaterra-2010, Japão-2014 e Madri-2018); Tricampeão dos Jogos Parapan-Americanos (Rio-2007, Guadalajara-2011 e Toronto-2015); Tricampeão da Copa América IBSA; Tricampeão Brasileiro;     3 vezes melhor jogador do mundo e 5 vezes melhor jogador do Brasil; em 2018 foi eleito melhor jogador do Brasil pelo Comitê Paralímpico Brasileiro e também melhor atleta masculino entre todas as modalidades. Atualmente joga no AGAFUC – Associação Gaúcha De Futsal para Cegos, na posição de ala-esquerda, com a camisa dez.

Capitão da Seleção Brasileira, Ricardinho possui um total de 301 gols em sua carreira, sendo que 112 destes são pela seleção brasileira. Reconhecendo o talento e empenho deste grande atleta, a Câmara de Vereadores de Osório, de forma justa, concedeu na noite de 06 de maio de 2019, a Ricardo Steinmetz Alves, o Ricardinho, a maior honraria oferecida pela Casa: a Medalha Mérito General Osório. Parabéns Ricardinho!