“Amanheceu no Litoral” é campeã da 24ª Tafona da Canção Nativa

A composição que conquistou o prêmio Maximo da 24ª Tafona da Canção Nativa de Osório é da linha litorânea. Com letra de Rômulo Chaves e Piero Ereno; Melodia de Piero Ereno, “Amanheceu no Litoral”, foi interpretada por Jean Kirchoff.
Após muita expectativa por parte do grande público presente, o resultado foi apresentado por volta 23h no Palco da Tafona com a presença de autoridade, da comissão organizadora do festival e da comissão julgadora formada por Arthur de Faria, Carlittos Magallanes, Ivo Ladislau, Mauro Marques e Robledo Martins.
O tradicional evento que valoriza a cultura riograndense e litorânea caracteriza-se por unificar o artístico, o social e o cultural. Durante o evento, Shana Müller apresentadora do programa “Galpão Crioulo” fez a entrega do troféu Origens que valoriza a cultura regional para Loma, intérprete da canção Quilombola.
Segue o resultado da 24ª Tafona da Canção Nativa
Música Popular: Quilombola:
Letra e melodia: Chico Saga/Mario Tressoldi;
Intérprete: Loma e Grupo Chão de Areia.
Intérprete: Jean Kirchoff;
Letra: Rômulo Chaves/Piero Ereno;
Melodia: Piero Ereno;
Intérprete: Jean Kirchoff.
3º lugar: Quilombola;
Letra e melodia: Chico Saga/Mario Tressoldi;
Intérprete: Loma e Grupo Chão de Areia.
2º lugar: O Catador de Conchas;
Letra e melodia: Nilton Junior;
Intérprete: Maria Helena Anversa e Renato Jr.

1º lugar: “Amanheceu no Litoral”;
Letra: Rômulo Chaves/Piero Ereno;
Melodia: Piero Ereno;
Intérprete: Jean Kirchoff.